A importância da mãe no casamento

Mães são anjos em nossas vidas e isso todo mundo sabe!

Mas porque a mãe é tão importante no casamento?

Separei 3 bons motivos: o primeiro é porque elas são a nossa primeira referência do que é ser casada, a segunda é porque (na maioria das vezes) quem casa cedo como eu, ainda tem muitas amigas solteiras, e isso não é ruim, mas tem muitos assuntos os quais não conseguimos conversar… e o terceiro é que o colo de uma mãe, sempre vai ser aquele aconchego gostoso da pessoa que te deu a vida!

Esse post foi idealizado devido a semana do dia das mães, aproveitando para homenagear a importância delas em nossas vidas, ainda que sejam vidinha de casadas!

A mãe do marido também é importante na vida dele, pois também é q primeira referência de esposa que eles têm. Existe uma projeção que o homem ou a mulher podem fazer quando encontram a pessoa certa, e algumas vezes os homens casam com mulheres exatamente iguais às suas ou o extremo oposto, por motivos do subconsciente.

Entender a presença de um genro ou uma nora nas vidas das mamães nem sempre é uma missão fácil, como já conversei com varias amigas minhas que comentaram isso achei importante fazer essa ressalva.

Acredito que o ponto chave é quando as mães entendem que as noras não vão tentar ocupar o lugar delas, afinal sempre serão mães e muito menos os genros vão cortar a ligação que as filhas tem com suas mães.

Uma dica boa é continuar tendo programas individuais com as mães, seja para ir ao mercado ou colocar a fofoca em dia! Isso fortalece aquele laço que parecia ter sido “cortado” após o casamento. E nesse dia aproveitar para trocar experiências e debater algumas dificuldades que possam ter passado no início da relação delas!

Por fim, lembre-se que sua mãe sempre teve você por perto e é difícil para elas ficarem sem te ver em casa ou sem aquela amiga para conversar, parceira de arrumar a casa… coloque-se no lugar dela, a sua anjo da guarda!!!

Até a próxima quinta!!!

Gi Beluca

Chá de panela ou de lingerie?

Neste mês de Maio estou homenageando as noivinhas de plantão, colocando posts relacionados ao preparo do casamento.

Se você é noiva vai gostar de saber sobre um dos momentos mais especiais antes do meu casamento: o meu chá de lingerie.

Porque optei pelo chá de lingerie? Porque meu marido já morava sozinho há alguns anos e já tinha os utensílios de casa que eu provavelmente pediria no chá de panela. Então, quando faltavam 2 meses para o meu casamento, minha mãe organizou um Chá de Lingerie com as minhas amigas.

Foram poucos detalhes os quais eu participei, pois queria que fosse surpresa! A primeira coisa que eu fiz foi verificar com a minha mãe se ela topava organizar e pra minha sorte ela disse sim ❤ Depois, como eu havia fechado com o bartender do casamento e ainda não havia feito a degustação, negociei a degustação com todas as minhas amigas no chá de lingerie. A ultima parte a qual participei foi criar um grupo no whatsapp com as amigas que eu gostaria que participassem e avisar que minha lista de presentes estaria na Loungerie!

Fazer a minha lista de presentes foi sensacional, pois fui na loja, provei tudo o que eu havia gostado e deixei com os tamanhos certos anotados! E claro que deixei aberto ganhar lingerie de outros lugares também, só tentei facilitar para as amigas acertarem no meu gosto e tamanho!

No dia do chá de lingerie falamos sobre vários assuntos: viagens dos sonhos, como eu achava que iria ser o dia do casamento, como imaginava que seria a lua de mel, falamos sobre os interesses que eu e o meu marido tínhamos e temos em comum… Enfim, bebemos os drinks e aprovamos os que estaríamos bebendo no dia do casamento, e teve uma parte muito especial!

Elas organizaram um jogo de perguntas e respostas sobre momentos da nossa história como casal, sobre o que ele gostava e vice e versa, também sobre nossas manias e defeitos… E na medida que iam transmitindo na TV, eu tinha que acertar as respostas, caso errasse tomava um shot…Rsrs!

No final, já estávamos todas alegres e fazendo vídeos, boomerangs, dançando e cantando… Quando o meu marido decidiu aparecer com um buquê de rosas super lindo no final, queria saber se eu havia curtido o meu dia e a brincadeira que fizemos entre as amigas!

Se você é madrinha, esse é um presente muito legal para a noiva. Se você é noivinha e está na dúvida, fica a minha história para você tirar as suas conclusões!

Ser noiva é tudo de bom, então planeje, mas não deixe de curtir os pequenos momentos!

Até a próxima quinta,

Gi Beluca

Sem tabu!

Falar sobre sexo é uma coisa complicada. Mas vamos combinar que é um assunto que todo mundo pensa e é TODO MUNDO FAZ!

Acho que uma das grandes dúvidas num casamento é o tal do “same penis forever” – e se você tem dúvida sobre isso na sua relação hoje…PARA TUDO!

Como assim? Na minha concepção, o sexo é um dos pilares – e um dos mais importantes – de um casamento. Isso mesmo, é importante amar, importante confiar, importante saber conversar, importante ter os mesmos interesses, mas é tão importante quanto você se sentir atraído pela pessoa que você ama.

Não, você não vai virar um coelho, ou um ser reprodutor quando você casar! Rsrs! Mas a relação sexual faz muito bem num casamento, seja aquele “morning sex” – sexo pela manhã – aquele amorzinho com carinho, ou o sexo apenas pelo desejo de fazer sexo! E quem não acha que um sexo de reconciliação após uma briga não faz toda diferença que atire a primeira pedra!

Agora está na hora de você refletir sobre a sua relação hoje. Como eu falei, não há receita e o relacionamento de vocês não vai mudar muito do que é hoje! Como assim? Uma das coisas que é natural que aconteça é que a frequência diminua um pouco, até porque quando a gente casa tem mais tarefas e obrigações e tensões que envolvem o dia a dia do casal! Mas se vocês tem o hábito mais vezes na semana, continuará sendo assim – via de regra. Agora se vocês tem o hábito de ter relação só quando el@ está a fim e el@ não curte muito a parada, TEM ALGO ERRADO!

Porque disso? Porque quando a gente AMA o corpo da gente PEDE pelo BEIJO – mesmo que seja aquela beijo com bafinho de manhã, pelo ABRAÇO – mesmo que el@ esteja toda suada da academia, pelo CARINHO – mesmo quando está de TPM e querendo matar todo mundo, pelas BRINCADEIRINHAS – mesmo quando você teve um dia estressante no trabalho, PROVOCAÇÕES – mesmo quando você está com espinhas e o cabelo bagunçado! PORQUE AMAR É ISSO! Não tem tempo ruim! Isso não quer dizer que as diferenças não existam, ou que vocês nunca vão discutir (aliás vou fazer um post sobre isso), mas quando a gente ama PRA SEMPRE, NÃO temos medo de amar aquela pessoa todos os dias ou ter relação com a mesma pessoa pra sempre!

Como evitar que a relação sexual caia na rotina? Isso vai depender mais uma vez de como é o seu relacionamento hoje. Se vocês são mais abert@s, de vez em quando ir num sex shop, ir num motel, comprar lingeries, e se são mais fechados testar horários diferentes, dias diferentes, cômodos diferentes. ACIMA DE TUDO: CONHEÇA SEU OU SUA PARCEIR@!

A melhor forma de conhecer o seu ou sua parceir@ é falando sobre sexo e aprendendo coisas novas juntos, MAS LEMBRE-SE SEJA VOCÊ MESM@! Afinal, se não tiver liberdade de poder mostrar quem você realmente é para o amor da sua vida, então não é pra sempre.

Conta pra mim o que você achou desse post!

Beijo e até a próxima quinta!
@gibeluca