A importância da mãe no casamento

Mães são anjos em nossas vidas e isso todo mundo sabe!

Mas porque a mãe é tão importante no casamento?

Separei 3 bons motivos: o primeiro é porque elas são a nossa primeira referência do que é ser casada, a segunda é porque (na maioria das vezes) quem casa cedo como eu, ainda tem muitas amigas solteiras, e isso não é ruim, mas tem muitos assuntos os quais não conseguimos conversar… e o terceiro é que o colo de uma mãe, sempre vai ser aquele aconchego gostoso da pessoa que te deu a vida!

Esse post foi idealizado devido a semana do dia das mães, aproveitando para homenagear a importância delas em nossas vidas, ainda que sejam vidinha de casadas!

A mãe do marido também é importante na vida dele, pois também é q primeira referência de esposa que eles têm. Existe uma projeção que o homem ou a mulher podem fazer quando encontram a pessoa certa, e algumas vezes os homens casam com mulheres exatamente iguais às suas ou o extremo oposto, por motivos do subconsciente.

Entender a presença de um genro ou uma nora nas vidas das mamães nem sempre é uma missão fácil, como já conversei com varias amigas minhas que comentaram isso achei importante fazer essa ressalva.

Acredito que o ponto chave é quando as mães entendem que as noras não vão tentar ocupar o lugar delas, afinal sempre serão mães e muito menos os genros vão cortar a ligação que as filhas tem com suas mães.

Uma dica boa é continuar tendo programas individuais com as mães, seja para ir ao mercado ou colocar a fofoca em dia! Isso fortalece aquele laço que parecia ter sido “cortado” após o casamento. E nesse dia aproveitar para trocar experiências e debater algumas dificuldades que possam ter passado no início da relação delas!

Por fim, lembre-se que sua mãe sempre teve você por perto e é difícil para elas ficarem sem te ver em casa ou sem aquela amiga para conversar, parceira de arrumar a casa… coloque-se no lugar dela, a sua anjo da guarda!!!

Até a próxima quinta!!!

Gi Beluca

O planejamento do casamento!


Só de pensar já me dá muita saudades. Planejar o casamento, pensar em cada detalhe e cada objetivo que queríamos alcançar com nossos fornecedores foi muito especial.

Se você está noiva, e está começando a planejar o casamento, virá que não é uma tarefa tão simples assim! Muitas noivas preferem contratar aquele serviço de cerimonial que participa desse momento do planejamento, além do grande dia. Particularmente, acho que é uma conveniência, mas por outro lado, como eu escolhi pesquisar tudo sozinha, acho que é possível sim dar conta do recado e fazer uma festa bem feita!

Como já havia dito por aqui, nós namoramos 8 meses antes de noivar, então o tempo foi um fator desafiador para o nosso grande dia…

Lembro como se fosse hoje, que a primeira coisa que fizemos foi marcar a data do casamento com o Buffet, o Espaço Klaine. Somos de Curitiba, e estávamos em busca de um local para o casamento que possibilitasse que a festa pudesse durar até 4 horas da manhã, e são poucos que permitem isso devido ao barulho na vizinhança depois do horário permitido. 

O segundo passo foi fechar com a decoradora, a Tati Amaro do Atelier 16, para que pudéssemos conversar sobre o nosso sonho, que era um casamento que fosse um mix do clássico com o moderno. Nossa decoração tinha móveis em preto e as flores principais escolhidas para os arranjos foram hortênsias, porque eu tinha lembranças muito boas do jardim da casa da minha avó, durante a minha infância, eram as flores que ela tinha em grandes quantidades e esse sentimento de nostalgia foi muito presente no nosso grande dia.

Em seguida, visitei o Atelier da Angela Gramazzio, para que o designer desenhasse o meu vestido de noiva. Eu optei pela primeira locação, pois não vi sentido em guardar o vestido de noiva em casa, e também não gostei na ideia de locação para esta data tão especial. 

“Vestidos de noiva são muito caros” – Era o que eu ouvia falar. Mas acho que quando pesquisamos, podemos encaixar algo que caiba no orçamento, principalmente quando estamos falando de um sonho – porque as outras coisas até deixamos de lado, mas o vestido faz parte de se sentir princesa!

Não me recordo a exata sequência das outras coisas, mas os próximos passos importantes foram: empresa de foto e vídeo (a nossa foi a DWD Eventos), cerimonial para orquestrar e organizar os fornecedores e convidados no dia do casamento; doces e bolo (a nossa foi a doceira maravilhosa Marcia Ferro); os convites do casamento (a designer Dani Nudelmann foi a responsável pelo lindo convite com hortênsias na logo); compra dos acessórios e sapato de noiva (meu acessório de cabelo foi na @ e o sapato optei por um piptoe clássico, na cor azul bebe, da Raphaella Booz); o bar para os drinks foi fechado na feira do Inesquecível Casamento, com o pessoal da The Bell; 

Onde se arrumar no dia do casamento? Em casa ou no salão de sua preferência, eu optei por fazer em casa pelo conforto de poder ficar tranquila no meu quarto, curtindo minhas últimas horas na casa dos meus pais! Quem fez a minha make foi a @danielli_depaula e o cabelo foi a @maquiadoraandreasandoval e elas arrasaram no profissionalismo e perfeccionismo da minha aparência no grande dia!

A música, por fim e não menos importante, foi conduzida pelo Dj Murillo Fernando, que fez a pista ficar até o final do casamento, dançando e curtindo as musicas escolhidas por mim e pelo meu marido. Na igreja optei por um trio de cordas com o Antonio Eventos Musicais e quem cantou a minha música de entrada foi a cantora Renata Gorosito.

A música no casamento é um fator muito importante e hoje estou oferencendo um diferencial no mercado, que é a composição de uma música exclusiva para os casais. A composição é escrita por mim, com base na historia dos noivos e a melodia também é personalizada conforme o gosto musical do casal.

Se você tem alguma dúvida sobre os seus fornecedores, tire referencias, pesquise no Reclame Aqui, leia blogs na internet, participe de feiras de noivas, pense com calma e não se desespere! No final, sempre vai ter um detalhe ou outro que não vão sair exatamente como você planejou, mas tudo bem… curtam o dia de vocês!

Já vi vários casos de noivas que ficam tão nervosas, que não conseguem aproveitar o próprio dia do casamento… E isso não é legal… confie em quem contratou e relaxe, dance, cante, grite, pois ser casado é tudo de bom! 

Ficou alguma dúvida? 

Conta pra mim!!!

Até quinta que vem,

Gi Beluca